• Instagram

TEXTO SOBRE A capacitação DE HOJE!

GIULIA NACCARATO

Pontos sobre a tarefa na assistência de terça-feira a tarde que tem a ver com o desenho do Rubens, com o que ele chama de desenho que se estende, que não é apenas a Sessão de Sexta.

17 de setembro de 2019

1. Em 2008 - 11 anos atrás - Rubens estava escrevendo uma carta para a Bolsa Pollock. Nessa carta, ele elencou alguns motivos para estar aplicando, ou seja, por que ele precisava do dinheiro:

  1. Comprar bons livros e ter o tempo de ler os livros fundamentais para sua pesquisa de arte: nietzsche, thierry de duve, kant after duchamp

  2. “ Comprar materiais decentes de arte”

  3. “Comprar revistas específicas de arte para estar inteirado, para não ficar ignorante e marginalizado do que esta acontecendo no mundo da arte contemporânea”

  4. Preservar seus trabalhos em condições adequadas e registrar eles profissionalmente

  5. Não precisar depender do trabalho de professor - ter tempo para também se dedicar ao trabalho artístico

 

Pontos elencados na carta sobre a vida do Rubens em 2008

  • gasto de aproximadamente R$7.000,00 por mês

  • R$ 84.000,00 por ano

  • atelier de arte com assistentes e alunos

  • 15 alunos

  • oficina na oswald de andrade sobre sua produção

  • morava em um apartamento pequeno, sem quarto - quitinete

  • segunda de manhã: aulas de fotografia

  • terça de manhã: aula de filosofia da arte

  • quarta de manhã: aulas de teoria da arte

  • quarta a tarde: aula para um músico

  • quarta a noite: aula para um colecionador de arte na sua casa

  • quinta-feira: atelier livre de arte

  • sexta-feira: aula o dia inteiro em Itu

 

2. Hoje, em 2019, Rubens tem uma estrutura de 6 espaços (em 2020 são 8 espaços), contendo:

  1. Uma biblioteca robusta de estética, filosofia, literatura, poesia, matemática, mística (etc etc) com mais de 20 mil volumes.

  2. Um armário de desenho com 12 portas de vidro

  3. 6 blocos com gavetas para guardar seus desenhos

  4. Uma pessoa específica para cuidar dos seus desenhosque inclusive foi fazer um curso em Londres para isso

  5. 2 pessoas extremamente técnicas para fotografar seus trabalhos (Chiva e Viotti)

  6. 2 assistentes para toda Sessão de Desenho

  7. Materiais de arte de extrema qualidade - papel arches francês 100% algodão

  8. Uma pessoa para cuidar da sua contabilidade 2x por semana

  9. Um espaço para cuidar da identidade visual - carimbos, adesivos, silk

  10. Uma oficina prática para pensar e confeccionar suas molduras

  11. No mínimo 5 assistentes disponíveis por dia, 30 alunos

  12. Uma camera hasselblad

  13. Cerca de 21 colecionadores

  14. Colecionadores fixos que compram um desenho todo mês Um dia fixo na semana em que desenha e todos seus alunos assistem

  15. Um grupo pedagógico que da aulas de escultura, desenho e sobre o Méthodo

(E MUITOMAIS!)

Folheando os cadernos de clipagem do Rubens e vendo todo o trabalho exaustivo, brutalmente cavado por um homem que investiu todo seu tempo, energia, dinheiro, recursos psíquicos e físicos em uma estrutura que hoje é possível para jovens como eu, me sinto muito constrangida, me sinto brutalmente esmagada. Tenho muita dificuldade de aceitar que o Rubens não nasceu assim, que não se nasce gênio, que ele não é milagre de Deus, tenho dificuldade de não romantizar o Rubens por que é INSUPORTÁVEL ACEITAR QUE É NECESSÁRIO MUITO TRABALHO, MUITO ESFORÇO, É NECESSÁRIO SACRIFICAR UMA VIDA PARA PODER TER OUTRA.

EU INSISTO EM ACREDITAR CEGAMENTE QUE EU POSSO TER TUDO, QUANDO NA VERDADE EU SÓ PODERIA TER ALGUMA COISA DE VERDADE QUANDO EU ENTENDER QUE EU NÃO TENHO NADA.

É EXTREMAMENTE CONSTRANGEDOR VER A HUMILDADE NESTA CARTA, NAS PALAVRAS DE UM HOMEM QUE SABIA DOS SEUS OBSTÁCULOS, MAS NÃO SE CURVOU DIANTE DELES. A BOLSA NÃO SERIA A SOLUÇÃO DOS SEUS PROBLEMAS, ERA MAIS UMA POSSIBILIDADE, A CARTA PARA ESSA BOLSA É O RELATO DE UM HOMEM QUE LUTOU PARA VIVER, QUE ESCOLHEU A VIDA!!!! QUE TRILHOU UM CAMINHO DE PÉS DESCALÇOS PARA SÓ ENTÃO ESTAR NESTE LUGAR HOJE, PARA SER MESTRE.

O MESTRE TRILHOU UM NOVO CAMINHO E HOJE ELE

POSSIBILITA O CAMINHO OUTRO PARA O DISCÍPULO.

OBRIGADA RUBENS, POR POSSIBILITAR ISSO PARA MIM,

POR ACREDITAR E INSISTIR TODOS OS DIAS, POR CADA BRONCA,

POR TODA A PACIÊNCIA. OBRIGADA PELO MÉTHODO.

OBRIGADA POR FORMAR JOVENS BRASILEIROS COMO A ANNA, A GABI E O LUCA,

QUE ESTÃO NO ATELIER HÁ ANOS E SÃO A PROVA VIVA DA FEROCIDADE DESTE LUGAR,

QUE SE ACREDITARMOS E INSISTIRMOS COM NÓS MESMOS COMO VOCÊ FAZ COM A GENTE,

É POSSIVEL! A CADA DIA EU APRENDO MAIS E MAIS ESTANDO AO SEU LADO.

OBRIGADA POR ESTAR DISPONÍVEL E POSSIBILITAR QUE EU CONVIVA COM UM HOMEM QUE TODOS OS DIAS ME MOSTRA A GRAÇA DE VIVER.

AGRADEÇO PELA TAREFA DE HOJE. ESTAR EM CONTATO COM O QUE VOCÊ PRODUZIU ME PROVOCA A QUERER VOLTAR PRO JOGO MAIS FORTE TODA VEZ QUE A PETECA CAIR!

+ DIVCAC

+ G8 - Sala dos Cadernos R.E.S

Atelier do Centro - G1

Rua Epitácio Pessoa, 91, República, São Paulo

+55 11 3129-3977 // +55 11 99537-5396 (RES)

Monday - Friday: 8am - 5pm

atelierdocentro@gmail.com

Galpão do Centro - G2

Rua Teodoro Baima, 39, República, São Paulo

Residência Atelier Luca Parise - G3

Rua Teodoro Baima, 51, SL 2, República, São Paulo 

www.lucaparise.co

CECAC - Centro de Estudos Conglomerado

Atelier do Centro - G4

Rua Teodoro Baima, 51, SL 1, República, São Paulo

Atelier do Centro - G5

Rua Teodoro Baima, 88, República, São Paulo

Coleção Àlex Muñoz - G6

Carrer del Segle, 5, Premià de Mar

08330 - Barcelona, España

OPCAC - Oficina Prática Conglomerado Atelier do Centro

Rua Teodoro Baima, 39, República, São Paulo

www.opcac.xyz

Vernacular - Editora Atelier do Centro

www.ccsvernacular.com

www.medium.com/@carolccs

  • YouTube
  • Instagram

copyright © 2020 Conglomerado Atelier do Centro, todos os direitos reservados